Nossas dualidades

O objetivo da terapia conversacional integrativa é acessar lugares interiores importantes por meio da palavra. Parte disso passa pelo confronto com nossos opostos, nossas dualidades inconscientes. Embora nossa personalidade externalize parte do nosso EU, esse é um EU moldado pela vivência social (família e demais espaços aos quais pertencemos) e não expressa tudo que somos internamente e potencialmente. É um choque para algumas pessoas ir percebendo que essa persona mostrada ao mundo não condiz com tudo que ela é. A persona tem sua função, mediar nossa "sobrevivência" social. Mas é no encontro com nossas dualidades, com aquilo que é oposto, contraditório, oculto ou distante da consciência, que podemos desabrochar nosso real potencial, nosso real ser.


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo